Os cinco personagens de GOT que tiveram mudanças drásticas em suas histórias

A série americana adaptada da série de livros: As Crônicas de Gelo e Fogo, estreou em 2011 e desde então, fomos envolvidos na magia de cada reino desse universo. A sétima temporada de GOT foi lançada no mês de julho e é incrível perceber por quanta coisa os personagens já passaram e como foram se transformando – aqueles que não morrem, claro – dentro da história.

Em comemoração ao lançamento da sétima temporada foram escolhidos cinco personagens para suas retrospectivas serem feitas ( a escolha foi difícil já que a série é uma montanha – russa de acontecimentos e quase o elenco todo passa por grandes transformações). Para aqueles que ainda não viram todos os episódios que já passaram até agora, é válido lembrar que esse texto contém um alto índice de spoiler.

O sertão não virou mar e o mar não virou sertão

O desejo da Terra prometida e – consequentemente o desejo do mar – eram vontades asseguradas, a todo instante, pelos religiosos no Brasil de 1964. É nesse contexto que encontramos o casal Manuel (vaqueiro) e Rosa. Os dois vivem uma vida de miséria no nordeste brasileiro; mas sempre acreditando na possibilidade da mudança (Rosa por vezes mais cética que Manuel).

Política e Mídia : questionamentos de House of Cards

De acordo com o livro O Príncipe, de Maquiavel, para ser um bom governante deve-se acreditar na premissa “ os fins justificam os meios” , deixando a ética em stand-by quando necessário. Frank Underwood segue fielmente essa linha da primeira à quinta temporada de House of Cards.

O início da série ja conta com uma relação de simbiose entre política e jornalismo, com a “parceria” entre Zoe Barnes e Frank (simbiose que dura até o momento em que Zoe se transforma em um empecilho na ascensão de Frank e ele a empurra nos trilhos do metrô).

Comentários (0) Tags: No tags