Blade Runner: a quebra de estereótipos da ficçāo científica

O longa metragem de 1982 – Blade Runner- é uma ficção científica ambientada na Los Angeles do século XXI que conta com uma produção ímpar e cheia de mistérios. O protagonista, Deckard, é designado a matar quatro androides que haviam fugido para a cidade. Mas, essa geração de androides é a NEXUS 6 que representa o mais próximo que os humanos chegaram da perfeição robótica.

31 filmes de terror pra fazer tremer seu coração gelado!

Já rolou a primeira leva com 13 filmes de terror de verdade, fez muito sucesso (você pode conferir aqui)! Uns curtiram, outros não, mas o importante é que pudemos falar um pouco sobre esse gênero incrível que é o Terror.

Eu tô bem pronta pra cutucar esse vespeiro da internet e expor uma lista extensa de filmes bons pra se ver e sentir aquele medinho.

31 de outubro, Halloween e “dia de todos os santos”, uma data ótima pra mexer com o que não deve e assistir um filminho maroto.

Tá, primeiro um papinho de cinéfilo…

Nossas sensações e reações a respeito do que vemos estão diretamente ligadas às nossas experiências pessoais, ou seja, duas pessoas podem ver o mesmo filme e apenas uma sentir medo, ou inquietação. Cinema é imagem e imagens são lidas, a forma como isso acontece é o que diferencia as pessoas. Então, REFLITAM antes de saírem por aí dizendo o que é ou não assustador.

Literatura Brasileira: cinco obras e autores que nos fazem refletir

“Um país se faz com homens e livros”, disse uma vez o nosso Monteiro Lobato. A verdade nessa frase é incontestável já que a literatura tem o poder de nos transportar para outros lugares, em diferentes tempos, com diversas pessoas e histórias. E é assim que ela vai nos moldando e identificando cada vez mais as características e questões dos seres humanos.

Os ensinamentos de vida das poesias de Carlos Drummond de Andrade

O poeta brasileiro Carlos Drummond de Andrade era mineiro, nascido no ano de 1902 e conhecedor da sabedoria que envolve a dor e a delícia de sermos quem somos e ocupar um lugar no mundo. Drummond estudou na cidade de Nova Friburgo e logo no ano de 1921 iniciou a publicação de artigos no jornal Diário de Minas. Sua poesia defende a liberdade das palavras, uma das características herdadas pelo movimento modernista, apesar do poeta dar um passo além quando torna possível que o leitor se insira no universo poético com uma postura livre de referências, pronto para o novo.