A importância dos cabelos de personagens famosos de filmes e séries!

Chegou a hora de falar de cabelos de personagens famosos de filmes e séries!

Várias características compõem uma trama diegética. O texto narrativo, a iluminação, os enquadramentos, as movimentações e a composição dos personagens.

Para montar todo esse imaginário que perdura uma produção audiovisual, a direção de arte se encarrega de localizar os atores no universo dos personagens atrás de suas aparências.

É bom compreender que no cinema tudo é discurso! Um personagem que começa de cabelos longos, que diminuem no decorrer da trama, passa com isso uma mensagem. Uma franja caída de lado, um determinado estilo de roupas… Tudo isso manda informações que ajudam a compreender melhor o que se passa na vida e no momento dos personagens.

Sabendo disso, separei uma lista de cabelos de personagens famosos de filmes e séries, pra gente se familiarizar com as sutilezas cinematográficas. Podemos perceber, com isso, o que rola por trás de um “loiro sedutor” ou de um “repicado revolta”.

Sigam comigo por essa viagem capilar e vamo que vamo.

Os 6 filmes mais violentos dos últimos 20 anos

Sangue nos olhos!

Hoje vamos listar os filmes mais violentos dos últimos 20 anos.

Mas antes, vamos pensar um pouco sobre o tema “cinema e violência”.

Como todos sabem, o cinema é uma arte que se estabelece como um reflexo da sociedade, já que nasce das inquietações e reflexões de seus idealizadores e criadores.

Fora essa coisa toda de indústria cultural, é legal perceber a conjuntura e os momentos em que nascem as expressões artísticas regadas de catarse  como o cinema. Observando essa lista com os filmes mais violentos dos últimos 20 anos, podemos (e devemos) trazer o recorte dos filmes para um cenário mais próximo do nosso.

Pra alguns pensadores, a violência é inerente ao ser humano, advinda de um impulso primitivo vivido ainda no inconsciente. No entanto, as aplicações desses impulsos acontecem deliberada e conscientemente.

Passando por todo esse momento reflexivo, o que nos sobra na telinha é sangue e agonia. Quem curte esse mix, cinema e violência, trocaremos em seguida umas boas indicações por aqui.

8 lições que o Mundo de Chaves nos ensinou sobre a vida

 Mundo de Chaves, como falar de algo que eu tanto conheço e considero pacas? Um dos primeiros programas seriados que eu assisti na vida e sou muito fã, afinal, são 32 anos de exibição constante no Brasil.

Quando se tem acesso ao mesmo universo e personagens todos os dias, não dá pra não absorver alguns discursos. Pra quem achou que o Mundo de Chaves era só feito de piadinhas, com certeza não observou as lições incutidas nas falas dessas crianças com cara de chefes de família. Como boa exploradora que sou, parei pra perceber as entrelinhas dos vários episódios que assisti e separei algumas pra vocês.

Quer conferir? Claro que quer! Olha aí

O Auto da Compadecida: as TOP 5 frases para você usar

Do sertão brasileiro, muita história se absorve e se extrai. Quando moldadas pela habilidade e talento artístico de nossos autores, então, o resultado é uma obra-prima que nos faz emocionar como poucas.

É o caso de Vidas Secas, de Graciliano Ramos; Deus e o Diabo na Terra do Sol, de Glauber Rocha; e d’O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna (1927 – 2014), que deram mais cores, aromas, sabores e vida a esse recorte tão brasileiro.