Oscar 2015 – Os Favoritos

O ano só começa depois do Carnaval? Que nada! Dia 22 de fevereiro rola a cerimônia do Oscar 2015 e a época de folia pode ser uma ótima pedida para ficar em dia com os indicados, caso você não seja muito afeito à farra do Rei Momo. E a partir de hoje, inicio uma série de posts sobre a premiação mais badalada da sétima arte, começando pela categoria mais visada da noite: Melhor Filme!

Faltando pouco mais de 20 dias para a premiação, as rodas de apostas estão a todo vapor, graças a uma gama de indicados que faz com que a busca pela estatueta seja uma das mais concorridas dos últimos tempos. De uns anos pra cá, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas tem demonstrado certa maleabilidade em relação ao conservadorismo que sempre permeou suas indicações. O resultado dessa nova postura reflete em disputas menos óbvias, onde pelo menos metade dos indicados na categoria principal começa a noite com chances reais de faturar o prêmio.

Mas ainda que tenha se mostrado aberta a novidades, a Academia mantém alguns padrões que ajudam a traçarmos um panorama da premiação logo após o anúncio dos indicados. Nos últimos 10 anos, apenas uma vez o vencedor na categoria Melhor Filme não foi indicado em Melhor Diretor ou Melhor Roteiro (original ou adaptado), ganhando pelo menos uma das duas em nove das dez edições analisadas. A exceção ficou com Argo, comandado por Ben Affleck, em 2013, que não entrou na corrida pelo prêmio de Melhor Diretor, mas faturou a estatueta de Melhor Roteiro Adaptado.

Nesta edição temos o panorama a seguir:

Concorrem a Melhor Diretor e Melhor Filme:

O Grande Hotel Budapeste
Birdman
Boyhood
O Jogo da Imitação

Concorrem a Melhor Filme e Melhor Roteiro:

Birdman
Boyhood
O Grande Hotel Budapeste
Sniper Americano
O Jogo da Imitação
A Teoria de Tudo
Whiplash

Concorrem nas três categorias:

Birdman
Boyhood
O Jogo da Imitação
O Grande Hotel Budapeste

Boyhood

Birdman

O Grande Hotel Budapeste

O Jogo da Imitação

Fora esses dados, outras premiações funcionam como termômetro do que vai rolar no Oscar. Entre elas, a principal é o Globo de Ouro. Nos dois últimos anos tivemos dobradinhas entre os vencedores de Melhor Filme nos dois eventos, com Argo e 12 Anos de Escravidão. Neste ano, Boyhood faturou o prêmio de Melhor Filme de Drama, enquanto O Grande Hotel Budapeste levou o troféu de Melhor Filme de Comédia ou Musical.

Somando os fatos citados e os comentários que tenho visto pela internet, tudo indica que Birdman e Boyhood vão brigar pela estatueta, sendo que o segundo é o atual queridinho dos críticos e o fato de ter sido filmado durante 12 anos engrandece a produção aos olhos da Academia. O elogiado O Grande Hotel Budapeste, líder de indicações ao lado de Birdman, corre por fora, ainda que possa parecer muito alternativo para os padrões do Oscar. O Jogo da Imitação não seria uma grande surpresa, ainda que o foco esteja entre os três citados acima.

Paralelamente, dois filmes podem surpreender (e muito): Selma e Sniper Americano. O primeiro foi esquecido em outras categorias, entrando apenas na disputa de Melhor Canção. Já o longa estrelado por Bradley Cooper (que concorre como Melhor Ator) tem situação mais favorável: apesar de esquecido no Globo de Ouro, foi lembrado seis vezes no Oscar. Ambos apresentam fatores que costumam agradar a Academia: são baseados em fatos reais e narram histórias de personagens norte-americanos, sendo que Sniper Americano ainda conta com o fator Clint Eastwood.

Sniper Americano

Selma

A Teoria de Tudo e Whiplash podem considerar suas próprias indicações como grandes vitórias (sobretudo o segundo, uma produção independente). Vale destacar que ambos são favoritos em outras categorias importantes da premiação: Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante, respectivamente.

A verdade é que nem sempre a opinião da Academia reflete o sentimento do público (e muitas vezes nem da crítica). Particularmente, não escolheria Boyhood como Melhor Filme e certamente daria um bocado de atenção para Whiplash… Mas minha opinião sobre os candidatos é papo para um dos próximos posts! E aí, quem você acha que fatura a estatueta?

A Teoria de Tudo

Whiplash