28 de fevereiro - Dia da Ressaca: trouxemos 5 dicas simples para aliviar a sua

Você provavelmente não sabia, mas 28 de fevereiro é o dia oficial da ressaca no Brasil!

A data foi criada com um propósito mais que pertinente, o de alertar e conscientizar as pessoas sobre os perigos de se exagerar no álcool. Afinal, dados de 2019 do Ministério da Saúde apontam que nada menos que 17,9% da população adulta do nosso país faz uso abusivo de bebida. Os brasileiros também ficam acima da média mundial de consumo per capita de álcool: enquanto no planeta a estimativa é de 6,4 litros por ano consumidos por pessoa, por aqui a média sobe para 7,8 litros.

Você sabia que, em 2018, o termo “ressaca” foi mais vezes pesquisado no Google do que “resfriado”? Bizarro, não? A meta da Organização Mundial da Saúde é reduzir em 10% o consumo nocivo de bebidas alcoólicas no mundo até o ano de 2025.

Sabemos da gravidade do problema e, como marca, não temos intenção alguma de romantizá-lo ou normalizá-lo. Mas constatando que nossa maior festa popular terminou oficialmente há dois dias, imaginamos que alguns de vocês possam estar passando por dias complicados, como cabeça pesada, estômago enjoado e uma vontade imensa de não fazer nada.

Curtir com parcimônia não tem problema, mas às vezes acabamos passando um pouco da conta. Não pode é virar rotina. Ideal, também, é se alimentar e se hidratar bem, antes e enquanto beber. Mas, não adianta chorar sobre a cerveja derramada. Seguem cinco dicas simples que podem ajudar na recuperação:

1) Beber água em abundância

Legendadaimagem

A mais clichê das dicas, que todo mundo já ouviu. Mas funciona, viu? Bebida alcoólica é diurética e faz com que seu corpo perca muita água. Essa perda precisa ser reposta para que tudo volte a funcionar direitinho e a dor de cabeça passe.


2) Beber sucos de frutas, água de coco e isotônicos

Legendadaimagem

Além de também cumprirem o papel de reidratar, esses líquidos trazem alguns bônus. A frutose presente na água de coco e nos sucos acelera o metabolismo e ajuda a queimar o álcool que ainda está no corpo. Já os isotônicos também repõem sais minerais perdidos e dão uma injeção de energia!


3) Comer banana e comidas salgadas leves

Legendadaimagem

Assim como o isotônico, alimentos têm o poder de repor os nutrientes perdidos com o efeito diurético causado pelo álcool. A banana é rica principalmente em potássio, enquanto que o sódio pode ser encontrado em comidas salgadas. Mas evite frituras e escolha algo mais levinho, beleza?


4) Comer brócolis e outros alimentos com cisteína

Legendadaimagem

Uma das coisas que ajuda na cura da ressaca é a liberação de todo o etanal ainda presente. Ele é uma toxina gerada pela reação do álcool em nosso corpo e pode causar tontura, náuseas e outros sintomas. A cisteína, encontrada em alimentos como brócolis, cebola, soja, pimenta e gérmen de trigo, é responsável pela eliminação do etanal, e pode dar um gás na cura.


5) Repousar

Legendadaimagem

Sabemos que nem todo mundo pode seguir este conselho porque todos temos nossas obrigações a desempenhar. Mas, se rolar, tire um tempinho assim que possível para descansar. Enquanto seu corpo trava a batalha para expulsar o álcool, é importante que você poupe energia e se preserve.


Não custa reforçar que, se você está tendo ressaca com muita frequência, talvez seja a hora de rever sua relação com a bebida. Procurar um profissional da área da saúde e conversar pode ser uma boa!