Extreme Makeover

Eu sempre adorei esses programas ou quadros de transformação de casas: Lar Doce Lar, Construindo um Sonho (não me julguem!), todos aqueles da GNT e um outro que eu não sei se ainda existe, Extreme Makeover. O Extreme Makeover colocava literalmente a casa do cidadão abaixo e construía outra do zero. Era muito legal. Mas tinha uma coisa nele que me dava muita preguiça: se na família assistida houvesse uma criança, o apresentador meio que especulava o que ela mais gostava e fazia o quarto da criança no tema. Mas,