Joia baiana: Abrolhos

Quando naus lusitanas tinham como destino as terras ao Sul da Bahia, o alerta era claro: abra os olhos! Barreiras formadas por corais com até 20 metros de altura foram responsáveis pelo naufrágio de cerca de 70 navios por aquelas bandas desde o século XVI.

Hoje, ”abra os olhos” se transformou em Abrolhos e o arquipélago baiano merece outro significado para seu nome: atenção para as suas belezas naturais. Com uma das maiores concentrações de peixes por metro quadrado do planeta, em quantidade e variedade, suas águas viraram atração para turistas que chegam diariamente para a prática de snorkel e mergulho.

abrolhos1

40 toneladas de pura leveza

A cada semestre, o motivo para merecer tantos ecoturistas se altera: no primeiro, suas águas cristalinas dão lugar a passeios com um tanto de simpáticas tartarugas e arraias, além de 15 a 20 metros de visibilidade embaixo d’água, deixando a visita aos naufrágios da região ainda mais espetaculares.

No segundo semestre o caminho entre Caravelas, no continente, até a ilha tem um engarrafamento de Baleias Jubarte. Esses mamíferos gigantes já estiveram ameaçados de extinção, porém leis que proíbem sua caça permitiram o crescimento de sua população para a nossa alegria! Quando passamos por lá em Julho, avistamos mais de 20 delas, algumas ao nosso lado e até mesmo passando por baixo do barco!

Nas interwebs: a glória máxima de Abrolhos

abrolhos2

O pôr do sol mais sereno desse planeta, pelas lentes da Jac

Durante todo o ano, além dessa galera toda, é normal a presença de animais como barracudas, tubarões-limão, mais de 150 espécies de peixes, lagostas gigantes, 3 espécies de tartarugas marinhas e na porção terrestre do parque de Abrolhos os atobás e fragatas constroem seus ninhos.

Se a sua praia é o snorkel ou só dar um rolê com as baleias, em um bate-volta que dura o dia todo é o suficiente, mas se o papo é sair da superfície, vale a pena ficar embarcado por 3 dias e conhecer alguns naufrágios, as barreiras de corais e a imensa vida marinha da região.

abrolhos3

Como bons mineiros, adoramos o mar: amigos de mergulho Dive Today

Para quem já está colocando a mochila nas costas, ficam aqui boas energias para que tenham a mesma sorte de encontrar uma vida marinha tão rica e visibilidade tão bacana quanto a que tive em terras baianas. Boa viagem, meu rei!