Uma mina negra, da Baixada Fluminense, cientista em construção dizendo que a computação é para todos? Será que engaja? Será que a sociedade aceita? - Por Ana Carolina da Hora

Negra, cientista da computação e moradora da Baixada Fluminense, Ana afirma que “computação é para todos” e hoje divide sua história com a gente em primeiríssima pessoa. Ana criou o projeto Computação da Hora para descomplicar algoritmo, programação e tecnologia. Também faz parte do PerifaConnection, uma “plataforma de disputa da narrativa sobre as periferias”. Eu não posso começar a falar sobre a minha pessoa e meu trabalho sem citar as cinco mulheres responsáveis pelo que eu sou e estou construindo até agora, as minhas mães: minha vó, minha mãe e