7 Personagens Inesquecíveis do Cinema

Alguns personagens do cinema rompem as barreiras das telonas e entram para sempre no imaginário popular. Interpretações memoráveis, diálogos marcantes e cenas de explodir miolos são responsáveis por construir ícones que podem transformar filmes medianos em clássicos, ou então torná-los ainda mais fantásticos. Boas histórias são sustentadas por personagens bacanas, dos tipos que inspiram, ou então aqueles que adoramos odiar.

Essa semana rolou reprint da camiseta Sad Hour, que reúne alguns dos principais vilões do cinema em um happy hour às avessas, e pensei: seria bacana fazer um post sobre os personagens que eu mais curto!

Dito e feito! Preparei uma lista com sete dos meus personagens preferidos e agora compartilho com vocês. Lá vamos nós:

 

Coringa

“A loucura é como a gravidade: só precisa de um empurrãozinho…”

Joker

Em meados de 2006, quando o nome de Heath Ledger foi anunciado como novo intérprete do principal antagonista do Batman em The Dark Knight, segundo filme de Christopher Nolan baseado no icônico herói dos quadrinhos, uma avalanche de críticas tomou conta da internet. Essa talvez tenha sido a primeira vez em que os termos mimimi e haters vieram à tona, fazendo a repercussão do recente anúncio de Ben Affleck como o próximo Homem-Morcego parecer bobagem. Um tempo depois, foi lançada a primeira imagem oficial do personagem, o suficiente pra transformar todo ódio em expectativa. E logo 2008 chegou pra colocar o Coringa no hall de melhores personagens da história. Infelizmente Heath Ledger não viveu o suficiente para ver o quão querido seu personagem se tornara, ainda que tenha sido reconhecido com um Oscar póstumo. Um belo legado!

 

Amélie Poulain

“São tempos difíceis para os sonhadores”

Amélie

Amélie teve uma infância peculiar por causa de um motivo ainda mais peculiar: seu coração batia rápido demais quando seu pai realizava seus exames mensais (tudo porque ela ficava nervosa pelo raro contato com o pai). Por isso, a jovem foi privada de frequentar a escola e brincar com outras crianças. Um dia, Amélie encontra em seu apartamento uma caixinha com brinquedos pertencentes ao antigo morador e decide procurá-lo para devolver, anonimamente. Ao perceber que ele chora de alegria ao “reencontrar” sua caixinha, ela muda a sua visão do mundo. A partir daí, Amélie embarca numa missão de realizar pequenos gestos a fim de tornar mais felizes as pessoas ao seu redor. Com uma mensagem tão bacana, a personagem da francesa Audrey Tautou em O Fabuloso Destino de Amélie Poulain entrou de vez no hall de personagens mais legais do cinema. E é claro que esse clássico aparece na nossa listagem com a camiseta Amélie!

 

Tyler Durden

“Regra número um do Clube da Luta – você não deve falar sobre o clube da luta. Regra número dois do Clube da Luta – nunca, jamais, comente sobre o clube da luta.”

Tyler

Tyler Durden é a anarquia em pessoa. Um cara que todos nós, mesmo que por um breve instante, já tivemos vontade de ser (provavelmente para lidar com aquele sujeito que fura a fila ou aquele outro que para o carro na porta da sua garagem). Um personagem tão sensacional que é difícil descrever, mas encontrei pela internet uma definição bem precisa: “Tyler Durden não é um cara legal. Ele vai mijar na sua sopa, dormir com a sua namorada, colocar pornografia nos filmes dos seus filhos, explodir seu apartamento, fazer sabonete com a sua gordura, bombas com o resto do seu sabonete e, é claro, espancá-lo em uma luta”. Mesmo assim, a gente adora ele. E agradeceremos eternamente a Chuck Palahniuk, David Fincher e Brad Pitt. Esse clássico também aparece no maior estilo na camiseta Clube da Luta e a camiseta In Tyler We Trust.

 

Norman Bates

“Todos nós enlouquecemos às vezes”

Norman-Bates

Obra-prima de Alfred Hitchcock, Psicose é um dos melhores filmes de suspense da história (e conta com continuações sofríveis, mantendo o personagem principal). Norman é um personagem altamente complexo e contou com dois grandes atores para retratar sua personalidade cheia de nuances: Anthony Perkins, no original dos cinemas, e Freddie Highmore, na série Bates Motel, que revisita o velho estabelecimento de beira de estrada antes dos acontecimentos do filme. Não dá pra falar muito sobre Norman Bates sem entregar alguns spoilers para quem não assistiu ao filme, mas sua presença nessa lista é mais do que merecida! Sucesso por aqui também é a camiseta Psicose.

 

Michael Corleone

“Quando eu penso que estou fora, eles me puxam de volta!”

Michael-Corleone

Michael é o terceiro dos quatro filhos de Don Vito Corleone e no começo não queria se envolver nos negócios da família, optando por seguir carreira militar. Mas como “nem todo todo o poder do mundo pode alterar o destino”, Michael é puxado para dentro do turbilhão de intrigas que envolve o clã de sua família. Frio e calculista, o personagem interpretado por Al Pacino protagonizou momentos inesquecíveis, entrando de cabeça nos negócios dos Corleone e, para nossa alegria, no hall de personagens mais ilustres da sétima arte.

 

Travis Bickle

“Você está falando comigo?”

Travis

A frase acima até poderia passar batida se não tivesse saído de um monólogo totalmente insano de Travis Bickle, personagem de Robert DeNiro em Taxi Driver (1976), de Martin Scorsese. Bickle é um militar veterano e ex-fuzileiro naval que aceita um trampo noturno como taxista para ocupar seu tempo, já que, no auge de seus vinte e poucos anos, sofre de insônia e depressão. Em seu táxi acaba rodando bairros barra-pesada e transportando clientes mais sinistros ainda, percebendo que as ruas de Nova York precisavam de uma “faxina”. Cheio de paranoia, Travis começa a viajar mais e mais, até que… Melhor parar por aqui pra não ter nenhum spoiler!

 

Ferris Bueller

“A vida passa muito depressa. Se não paramos para curti-la de vez em quando, ela passa e você nem vê!”

Ferris-Bueller

Ferris Bueller é o profeta de uma geração, e o filme que nos apresenta o personagem vai muito além do status de “clássico da Sessão da Tarde”: é um manual prático de como é preciso deixar de lado as responsabilidades de vez em quando, tomar “emprestada” uma Ferrari e curtir a vida adoidado. “Como podem esperar que eu vá para a escola num dia como este?” Ferris é um jovem comum, poderia ser eu, poderia ser você, e por isso é um personagem inesquecível. Curtindo a Vida Adoidado, típica comédia do grande John Hughes, foi lançado em 1986, mas continua bastante atual, assim como seu protagonista (muito disso graças a seu intérprete, Matthew Broderick). Save Ferris!

Ufa! Se você chegou até aqui, deixe seu comentários com os seus personagens preferidos… Até a próxima! 😉 Ah, e aproveita para ver as novidades que estão rolando na nossa coleção de camisetas de Filmes e Séries!

Bnrs_Blog_Categorias_(600x250)_ALT1_cinema