Loja

As melhores de Alceu Valença: playlist com a cara do Nordeste!


• 9 mins de leitura
As melhores de Alceu Valença: playlist com a cara do Nordeste!

Alceu Valença é um dos maiores artistas brasileiros e, desde o início de sua carreira, traz toda brasilidade em suas canções. Cada música tem uma identidade única que leva toda a essência nordestina através das composições profundas de cada álbum.

Mas lembre: só é possível entender profundamente a vida de um cantor quando se ouve suas músicas até o fim, ou seja, desde o primeiro trabalho até o último, pois assim você vê como ele se desenvolveu com o tempo, o que acompanhou ele até as últimas músicas e como sua arte explica não só sua vida, mas também a dos outros.

Através de metáforas e histórias de seus caminhos, Alceu consegue se expressar como o vento que se sente no ar, nos milharais ele faz onda e como uma bomba ele deixa marcas por onde passa. As raízes nordestinas alimentam sua arte que alegra e nos faz refletir em cada uma de suas canções. Afinal, arte é isso: projetar experiências que consequentemente fazem outras pessoas pensarem e/ou se identificarem com elas.

A voz de Alceu contagia multidões e ecoa a sua valência, como disse Pedro Bial em sua entrevista com ele: "Sua poesia quer dançar, quer cantar". Não há coisa melhor do que dançar e cantar com Alceu, seja nos shows e também onde você quiser, por isso separamos uma lista com as melhores de Alceu Valença. Contaremos um pouco da história dos primeiros discos e deixaremos as melhores de cada um para você adicionar em sua playlist!

Alceu Valença e Geraldo Azevedo - Quadrafônico (1972)

Alceu Valença e Geraldo Azevedo se reuniram em 1972, a bagagem musical de ambos juntamente com a produção de Cesare Bienvenuti e os arranjos de Rogério Duprat fizeram com que esse se tornasse um dos discos mais importantes da música brasileira.

Foto de Geraldo azevedo e alceu valenca nos anos 70


Nas gravações, usaram o sistema quadrafônico que era novidade na época e que, de tão importante, acabou ficando até na capa, o que fez com que muitas pessoas acreditassem que o verdadeiro nome do álbum fosse esse.

A história desse álbum é comum de todo artista iniciante, um tanto quanto movimentada, visto que, ao chegarem do Rio de Janeiro, tiveram que se hospedar no apartamento do produtor, que ficava em São Paulo, isso porque os estúdios da gravadora que eles assinaram ficava na capital paulista. As músicas tiveram que ser gravadas pela madrugada, pois tinham poucas horas de estúdio, mas o que deu o grande diferencial a esse disco foi o sistema quadrafônico!

Recomendamos ouvir o álbum do início ao fim, pois é uma obra histórica e magnífica, mas vamos deixar aqui 3 músicas dele que são marcantes. Geraldo e Alceu fizeram história lançando esse trabalho em conjunto!

1- Novena

Letra profunda e reflexiva, a 4° faixa desse álbum deixa qualquer um arrepiado com uma composição impecável.

2- Planetário

Essa é a 6° faixa do disco, é a música que você se questiona enquanto dança, Alceu e Geraldo passam várias sensações durante a música!

3- Horrível

Essa é a última música do álbum, que de horrível não tem nada. Ela é genial, é impecável na construção dos instrumentos e das vozes. Quem ouve "Horrível" se encanta do início ao fim!

A noite do espantalho - Alceu Valença & Sergio Ricardo (1974)

Com mais uma participação de Geraldo, dessa vez, Alceu também teve a parceria nos vocais de Ana Lúcia de Castro, Joana da Fazenda Velha, João Teixeira e João Cortez. A produção ficou por responsabilidade de Sérgio Ricardo.

a noite do espantalho disco de alceu valença


"A noite do espantalho" é um filme musical dirigido pelo próprio Sergio Ricardo. Ele foi tão marcante que acabou sendo o filme brasileiro escolhido para representar o país no Oscar em 1975, entretanto não foi indicado. Mas aqui nós recomendamos que você assista ao musical completo antes de adicionar as músicas que vamos indicar a seguir.

A maioria das músicas quem canta é Alceu sozinho, que também foi escolhido por Sergio para ser o espantalho. As composições que tiveram as parcerias vocais dos outros cantores são tão importantes quanto as de protagonismo de Alceu. Selecionamos as 3 melhores músicas de "A noite do Espantalho":

1- Canção do Espantalho

Dando início ao disco, essa música tem uma letra absurdamente icônica. "Sou cantador de Cajazeira e vim cantar a minha gente". Adicione essa música em sua playlist e sinta um pouco dessa história cada vez que for ouvir.

2- Pé na estrada

Essa é para quem gosta de estar na estrada e não dispensa uma boa música. Encante-se com essa oração sobre a vida e a morte enquanto reflete o que a estrada da vida nos traz.

3- Martelo a Bala e Facão

"É no verso é na rima e sem demora, já que tu vai correr comece agora",  vinda da própria música, essa mensagem diz sobre a história do musical, uma composição forte que vai construindo a narrativa aos poucos. Uma canção para apreciar e para se permitir entrar no contexto dela.

Molhado de Suor (1974)

Primeiro disco solo de Alceu Valença, desse não conseguimos nem descrever tanto sua história, porque é realmente ouvindo para sentir a verdadeira expressão de Alceu. Seu timbre único e uma instrumentalização de tirar o fôlego se completam com as letras que compõem esse álbum.

Molhado de suor disco de alceu valença


Selecionamos mais 3 músicas para você curtir com propriedade o disco que foi gravado pela Som Livre. Classificou a música "Vou Danado pra Catende" no Festival Abertura transmitido pela TV Globo.

1-  Vou danado pra Catende

Essa música merece estar na sua lista de músicas favoritas, porque não tem nenhum defeito: o jeito que ela mexe com o corpo e a alma é inexplicável. Dá vontade de "chegar danado" em qualquer lugar! Ela vai correndo aos poucos em busca da chegada, e com isso dá o pontapé inicial no disco.

2- Cabelos longos

Com instrumentos fortes e uma letra curta, essa música dá uma longa aula de composição!

3- Papagaio do Futuro

Composta em 1970 e premiada em 1972, essa música fala um pouco sobre o país e acaba prevendo 1974, quando houve a crise do petróleo no Brasil – e isso quem falou foi o próprio Alceu em seu disco ao vivo de 1976, o próximo citado aqui na lista.

O marcante refrão dessa música faz você pensar sobre o que está respirando, isso você pode entender quando colocar essa bela canção para tocar. "Eu fumo e tusso Fumaça de gasolina".

Vivo (1976)

Esse disco ao vivo de Alceu consegue ser excepcional não apenas pelo fato de terem usado dois microfones, um que estava para ele e outro direcionado para a plateia, mas também porque possui músicas arrepiantes. Numa só energia, as canções que contemplam esse álbum vão dando voltas pelo talento absurdo de Alceu Valença nos palcos!

álbum vivo um disco de Alceu Valença


1- Casamento da Raposa Com o Rouxinol

Do que tiveram tanto medo? Como passaram por isso? O que essa música quer realmente dizer? Ouvindo ela, você vai entrando cada vez mais naquele show que aconteceu em 1976. Depois dessa música, você não vai poder e nem querer voltar atrás!

2- Sol e chuva

Para finalizar o disco, essa música dá mais uma volta pelas respostas e ainda a liberdade de Alceu ao colocar o que ele não quer mais. Isso já explica o que ele quer, assim como a dualidade do Sol e da Chuva, essa música consegue expressar os dois de maneira bem clara através da letra e dos arranjos.

Espelho Cristalino (1977)

Depois do último sucesso ao vivo, Alceu lançou no ano seguinte o disco "Espelho Cristalino". Depois desse disco, ele saiu em turnê em várias cidades do Brasil. Com a direção de produção de Guto Graça Mello, o disco possui canções excelentes para fazerem parte de sua playlist favorita.

alceu valença com o disco  espelho cristalino


1- Maria dos Santos

Maria dos Santos foi a mulher a quem Alceu pergunta, na música, se era noite de São João. Nela os instrumentos vão fazendo a jogada da pergunta, juntamente com a folia que marca todo mês de junho ao redor do nosso país. Música ótima para viajar ou curtir aquele fervo que só tem nas festas juninas.

2- Anjo de Fogo

"Anjo de fogo" é outra música que mais uma vez coloca o vento para correr com a canção, se você já ouviu essa música, sabe do que estamos falando. Deixe ela entrar na sua lista e aproveite esse som que é genial!

3- Espelho Cristalino

A música que dá nome ao disco é reflexiva, coloca muito sentimentalismo em cada verso. É difícil não se emocionar ouvindo ela, por isso também colocamos aqui na lista para você adicionar nas melhores de Alceu Valença.

Coração Bobo (1980)

Em 1980, Alceu lança seu álbum que também o fez decidir voltar da França, onde participou de vários festivais. Coração Bobo teve a produção de Sergio Mello e vendeu mais de 150 mil cópias, aqui seus discos começaram a estourar em vendas.

Álbum coração bobo disco de Alceu Valença


1- Coração Bobo

Para o coração bater forte – sentir as vibrações dessa música é como sentir o coração que pulsa dia após dia no peito. "Teu coração tá batendo, // Como quem diz não tem jeito, o coração dos aflitos batendo dentro do peito".

2- Vem morena

Essa música é para dançar até o sol raiar, "faz o velho ficar moço e deixa o sangue em alvoroço". Inclua essa naquela playlist de dança para você poder "remexer no resfolego da sanfona"

3- Na primeira manhã

Tá querendo afogar as mágoas? Essa é a canção certa para isso. Quem é que não gosta de lamentar às vezes, não é mesmo? Então adiciona essa música na playlist que é para sentar e sentir!

Cinco Sentidos (1981)

Os grandes shows de Alceu começaram a bombar depois desse trabalho. Essa mistura de gêneros musicais começou a moldar ainda mais a identidade de Alceu. Aquela inclusão do rock que não é rock, o nordeste com a história que sua vida havia tido até então. Assim como "Coração bobo", esse disco vendeu 150 mil cópias na época.

Álbum cinco sentidos um disco de alceu valença


1- Cabelo no Pente

Essa música faz Alceu voltar ao seu passado com a melodia que mostra um pouco dos calos que ele gerou com os tropeços e os caminhos que passou. Depois dessa prévia, está esperando o que para dar o play?

2- Tirana

Mais uma para dançar e cantar, Alceu sempre coloca em suas músicas um pouco do gingado único que sua voz tem. Essa quem ouve não consegue ficar parado! Hipnotizante!

Cavalo de Pau (1982)

Com 8 músicas, "Cavalo de Pau" desacreditou muitas pessoas pela quantidade de músicas que tinha no disco, mas não contavam que, desse álbum, a música "Morena Tropicana" iria se tornar uma das maiores músicas da história da música brasileira e uma das mais ouvidas de Alceu.

O disco vendeu mais de 1 milhão de cópias dando continuidade ao sucesso de Alceu que já havia conquistado o Brasil. Todas as músicas desse álbum são impecáveis em toda a composição, aqui selecionamos nossas 3 favoritas!

1- Morena Tropicana

Se essa música já não estava na sua playlist, então adicione agora porque é um marco para o Brasil. Aquela música para dançar, cantar alto e curtir momentos especiais. Um dos maiores sucessos de Alceu, essa música é uma das mais ouvidas do cantor até hoje!

2- Pelas ruas que andei

Vamos dançar enquanto passamos pela tão esperada procura de Alceu que passa pelas ruas. Essa já pode ser inclusa na sua lista sem nem pensar!

3- Cavalo de Pau

Essa obra é profundamente forte, essa é aquela que faz ondas pelo milharal, assopra o vento enquanto cavalga pelos tráfegos da capital. Uma verdadeira aula de sentimentalismo com um pouco de realidade através das metáforas.

Outros discos de Alceu Valença

Lembre-se que não colocamos em ordem de importância, muito menos de preferências, depois dos álbuns que já citamos, Alceu lançou outros tantos que são tão importantes quanto. Então indicamos que você ouça todos eles com muito carinho e atenção!

Album cavalo de pau um disco de alceu valença


No começo desse post, dissemos que, para real e profundamente conhecer um cantor, você precisa ouvir todas suas obras do início ao fim, certo? Então os primeiros trabalhos merecem uma atenção a mais para mostrar as raízes do artista, para os amantes da boa música é preciso ter um ouvido atento. Não citaremos todos aqui para deixar você com vontade de buscar mais afundo sobre Alceu Valença.

Playlist com a cara do Nordeste: Maiores sucessos de Alceu Valença

Agora que já citamos um pouco pouco da história dos primeiras discos de Alceu Valença, vale lembrar que não são apenas as músicas de sucesso que são boas, por mais que elas tenham toda genialidade em conquistar milhares de pessoas, não são as únicas que explicam a arte do artista. Dentre os outros álbuns grandiosos do artistas, levantamos uma lista resumida de outras músicas históricas, então adicione em suas playlists e curta cada uma da melhor maneira! Olha só:

  1. Anunciação;
  2. La Belle de Jour;
  3. Na Primeira Manhã;
  4. Anjo Avesso;
  5. Solidão;
  6. Estação da Luz;
  7. Bom demais;
  8. Como dois animais;
  9. Me segura que senão eu caio;
  10. Girassol;
  11. Sonho de Valsa;
  12. Bobo da corte;
  13. Roda e Avisa;
  14. Tomara;
  15. Valores do Passado;
  16. Diabo louro;
  17. Dona de 7 colinas;
  18. Olinda;
  19. Amigo da arte;
  20. Maracatu;
  21. Voltei a Recife.

Agradecemos por você acompanhar até aqui, esperamos que tenha gostado e te aguardamos no próximo post!


Tags

alceu valença, 10 ANOS CHICO REI, milton nascimento, nordeste