Detalhes que fazem a diferença

Finalmente chegou a tão sonhada hora de ter um lugar para chamar de seu. Ou não. Ou você só está mesmo enjoado da decoração do seu quarto, que já dura uns 10 anos. Ou então você é tão apaixonado por decoração (como eu) que está sempre em busca de novidades e inspirações… Bom, não importa o motivo. A verdade é que a internet está aí para despejar milhares e milhares de ambientes super bem decorados, que fazem você suspirar a cada imagem.

Infelizmente, muitas das coisas representadas nesses ambientes não são viáveis, seja por questão financeira ou territorial mesmo (sites gringos que não entregam no Brasil ou aquela cômoda linda que não dá para vir pelos Correios). Enfim, essas minhas andanças por todos esses sites, revistas e portais de conteúdos me fizeram refletir sobre algumas coisas.

Uma delas é que mesmo que eu morra de amores por um sofá laranja maravilhoso, a condição da minha vida real não me permite optar por ele na minha sala de estar. Explico por que: esse laranja talvez seja a cor da moda e reflita exatamente sua fase de vida agora, maaaas, daqui a um tempo, você vai ficar pensando “o que eu estava pensando quando gastei uma fortuna nesse sofá?”. Se a grana der para um novo estofamento ou para um novo sofá, perfeito! Agora, caso contrário…

Por essas e por outras, na minha casa sempre opto por inovar nos objetos. E aí vai uma lista do que você pode dar um tchan na sua sala/quarto/escritório gastando pouco e podendo enjoar com a frequência que quiser:

  1. Velas: se forem aromáticas, melhor ainda. Para receber os amigos, nada mais aconchegante que acender velinhas. Decora e você acha de todos os tipos e preços, podendo inclusive fazê-las.

Velas Aromáticas

  1. Flores: não precisa ser necessariamente um arranjo de floricultura. É aquela florzinha da feira ou do jardim da vó mesmo, em uma garrafa ou em um vaso charmoso, que vai deixar sua casa uma graça.

Detalhes que fazem a diferença na decoração

  1. Almofadas: também de todos os preços, é possível definir o estilo do ambiente a partir delas. Eu, por exemplo, sou fã das coloridas.

Almofadas para decoração

  1. Lembranças de lugares: nada de um quadrinho ou um boneco de biscuit com os dizeres “Fui no Tororó e me lembrei de você” ou “Estive em Onde Judas Perdeu as Botas”, mas algo singelo, como uma foto em um porta-retrato bacana ou um globo de neve, que já dá um toque de personalidade no espaço.

  2. Posters/quadros: por último, mas não menos importante, a parede. Eu sou daquelas que quanto mais cheia a parede, mais eu gosto. Além de ser uma solução simples de decoração, tem a possibilidade de expressar o que você quiser no seu mundo particular.

Quadros e Recordações

Se você conseguir ornar todos ou alguns dos elementos acima em um ambiente, com certeza aquele sofá assinado ou aquela cadeira da moda vão poder esperar mais um pouquinho. E lembrem-se: a regra básica da decoração é deixar o morador se sentir em casa!