Loja

Conheça os personagens do folclore brasileiro e suas características!


• 6 mins de leitura
Conheça os personagens do folclore brasileiro e suas características!

Saci, Curupira, Iara, Cuca e tantos outros personagens marcam o folclore brasileiro com a união de tradições de culturas e identidades distintas que definem nossa origem. Influências indígenas, africanas e portuguesas auxiliaram na formação de lendas, mitos, costumes e personagens marcantes em nosso espectro cultural.

O Folclore no Brasil é tão forte que virou até série da Netflix, Cidade Invisível foi ao ar em 2021 com um enredo muito bem construído e detalhes sobre acontecimentos nacionais do cotidiano, com personagens do folclore. É uma série que vale a pena ser assistida para fortalecer ainda mais essa cultura popular!

Mas não é só de histórias que se define o folclore brasileiro, afinal também temos comidas típicas, danças, festivas e outras formas de expressar a época de comemoração do Folclore, que acontece dia 22 de agosto, data criada para valorizarmos nossa cultura tão rica, que define um pouco de nossa essência!

Nesse dia, em 1846, William John Thoms inventou a palavra "folklore" que se dá na junção entre "folk" e "lore", resumindo, significa cultura do saber do povo, mais precisamente a cultura popular. As comemorações acontecem durante a semana do dia 22 em diversos estados brasileiros por meio de festivas, além disso, também acontece o incentivo do estudo sobre o tema nas escolas brasileiras, e até em faculdades.

Quais são os personagens do Folclore do Brasil?

Os personagens do folclore brasileiro aparecem em lendas e histórias criadas por povos, e se popularizaram com a inserção dos mesmos em obras de diversos autores da literatura brasileira, entre eles: Cecília Meireles, Ariano Suassuna e Mário de Andrade.

Esses personagens surgem em contos que misturam a realidade, a fantasia e que se relacionam com a natureza e a vida humana, sempre deixando uma explicação do porquê das ações de cada um deles. Entre os personagens vamos citar alguns e contar um pouco sobre eles:

Iara, a Mãe D'água

Iara é conhecida como a Mãe D'água e segundo a lenda, ela vive nos rios da Amazônia. Segundo o conto, ela atrai homens até os rios através de sua bela voz, cantando nas redondezas dos rios com suas canções hipnotizantes. A linda sereia de água doce com cabelos pretos afoga suas vítimas enquanto arrasta-os para o fundo do rio.

imagem ilustrativa do personagem folclórico iara mãe da água.

A história de Iara é complicada, ela sofria inveja de muitas pessoas, era uma índia corajosa e encantadora que foi morta e jogada nos rios, isso fez com que os animais aquáticos e as forças da água transformassem-na em uma sereia que busca justiça por sua morte. Em muitas crenças relatam que ela come suas vítimas depois de mortos. Os homens que conseguem escapar precisam da ajuda de um Pajé para curar a loucura que adquirem ao serem raptados por Iara.

Saci Pererê

Esse personagem é um dos mais famosos do folclore brasileiro, sua origem é do Tupi-Guarani. Em sua história, Saci é um menino negro que com apenas uma perna, vive na floresta e possui poderes especiais gerados por seu cachimbo e seu gorro vermelho. Entre seus poderes estão o redemoinho que o transporta a outros lugares muito rápido e o poder de aparecer e desaparecer sem deixar rastros.

imagem ilustrativa do personagem folclórico saci Pererê

Conta a lenda que ele nasceu do broto de bambu e cresceu se tornando travesso e brincalhão, o Saci apronta todas, mas se algum caçador ou outro ser humano tentar invadir a floresta para destruir as belezas naturais da fauna e da flora, ele impede com um assovio estridente e depois atormenta o invasor para o resto da vida. Ele também adora se divertir escondendo objetos e dando nó nos rabos dos cavalos.

Curupira

Assim como o Saci, Curupira adora fazer travessuras com as pessoas, sendo protetor da natureza. Seu nome Curupira, segundo o tupi guarani significa "corpo de menino". Seus pés são virados para trás e direcionava os homens que tentavam destruir a mãe terra para irem a outro lugar.

imagem ilustrativa do personagem folclórico curupira.

Muitas vezes Curupira se disfarça de animal e quando é caçado, deixa quem está fazendo isso perdido na floresta sem esperanças de voltar. Isso também faz com que os índios locais tenham respeito por esse personagem dando a ele, de presente, cachaça e fumo.

Caipora

Caipora é conhecida como a protetora dos animais, geralmente andando sobre um porco do mato, ela impede que caçadores matem os animais com seu uivo forte que espanta qualquer um que ouse tentar algo contra seus companheiros. Com cabelo vermelho, Caipora pode se tornar menino ou menina. Sua origem também é indígena e é uma personagem muito representativa para nossa cultura!

imagem ilustrativa do personagem folclórico caipora

Boto cor de rosa

Originário da Amazônia, o Boto Cor de Rosa vive nos rios e durante a noite sai das águas e vaga pela cidade vestido de branco, com sua beleza vai em busca de atrair mulheres para engravidá-las e depois abandoná-las para voltar a viver em sua forma natural. Muitas pessoas contam que o Boto só aparece nas noites de festa, e costuma surgir no início da noite retornando às águas pela manhã. Para quem tem medo dele, aqui vai uma dica: se o ver por aí, amarre um cipó que ele vai embora.

imagem ilustrativa do personagem folclórico boto cor de rosa

Cuca

"Dorme, neném, que a cuca vem pegar" essa fazia a gente dormir rapidinho, não é mesmo? Mas você sabe porque a Cuca é considerada, de certa forma, uma vilã? Seu corpo é coberto por pele de jacaré e segundo o mito, Cuca sequestra crianças que desobedecem os pais.

imagem ilustrativa do personagem folclórico cuca

Seus poderes são profundos, ela consegue entrar no pensamento das pessoas descobrindo traumas que muitas vezes foram até esquecidos, esse poder faz com que ela seja especialista em manipular ações. Com um grito que ultrapassa quilômetros, Cuca não perdoa pessoas que tentam invadir sua caverna ou destruírem a floresta.

Apesar da maldade, isso acaba auxiliando na proteção da floresta, sendo um ser místico assustador para uns, mas ao mesmo tempo essencial para os animais habitantes da floresta.

Bumba Meu Boi

O Bumba Meu Boi surgiu por meio do desejo de Catarina, uma escrava que teve vontade de comer língua de boi. Conta a história que seu marido, em busca de realizar o desejo da esposa, acabou matando um boi. Com isso, o dono da fazenda prendeu Chico, o marido, mas logo depois ele foi solto, pois encontraram o boi vivo, ressuscitado por um Pajé. Começa aí a comemoração do Bumba Meu Boi.

imagem da festa do bumba meu boi

Essa lenda deixa claro as reações dos fazendeiros ao se depararem com alguma situação cometida pelos escravos, o que gerava punições. O Bumba Meu Boi é símbolo de resistência e uma tradição que reúne milhares de pessoas todos os anos!

Boitatá

Boitatá é uma serpente de fogo que protege a mata das queimadas. Com seu poder de cegar as pessoas quando olham diretamente para ela, faz com que os invasores não retornem a queimar as belezas naturais. Originária do Tupi-Guarani, Boitatá vive nos rios e sai quando acontecem as queimadas. Seu poder também é queimar as pessoas que intentam fogo, não só cega, mas também podem queimar vivo quem invade seus caminhos em busca de destruição.

imagem ilustrativa do personagem folclórico boitatá

Festas, danças e ritmos do Folclore Brasileiro

Os personagens do folclore brasileiro possuem diversas histórias que se modificam de autor para autor, e com essas influências, as festividades, danças e ritmos foram criados em diversas regiões do país. Festa Junina, Carnaval, Boi-Bumbá, Samba de Roda, Maracatu, Ciranda, Frevo, Quadrilha e Carimbó são alguns exemplos dessas influências do Folclore brasileiro.

Com essas grandes histórias percebemos algo em comum entre os personagens: a maioria deles protegem a natureza, o que os torna ainda mais especiais. Nossa fauna e flora é riquíssima, mas vêm se perdendo com o tempo pelas queimadas, desmatamento, secas, entre outros fatores que precisam ser resolvidos por nós, seres existentes.

Por mais que nas lendas, os seres místicos protegem a mata desses problemas, no dia a dia nós somos os responsáveis! Que usemos o folclore brasileiro de inspiração para continuarmos lutando pela natureza e nossas riquezas. Esperamos que você tenha gostado desse post e te esperamos no próximo! Até mais!


Tags

folclore brasileiro, chicorei, chico rei, personagens do folclore brasileiro, personagens folclóricos