Loja

Os 14 melhores filmes cult para assistir e refletir a existência


• 9 mins de leitura
Os 14 melhores filmes cult para assistir e refletir a existência

Se você é um cinéfilo igual a gente, certamente já ouviu falar dos filmes cult, não é? Eles são carregados de nostalgia, sentimentos e emoções que mechem com uma legião de fãs de diversas idades e em diferentes épocas – eles são os famosos clássicos do cinema que todo mundo já assistiu ou que precisa assistir.

Esse tipo de produção cultural tende a instigar o gosto popular e, claro, conquistar corações. Mesmo anos depois de terem estrelado as grandes telas dos maiores cinemas mundiais, eles continuam sendo títulos aclamados e estão sempre na listinha de maratona do final de semana.

Isso quer dizer que os filmes cult não envelhecem – muitas dramaturgias perdem seu valor com o passar dos anos devido ao desenvolvimento das tecnologias envolvidas nas produções, que vão aumentando a cada ano. Mas isso não acontece com esse tipo de filme – eles são eternos!

Gostou do assunto de hoje? Então, agora que você já sabe o que são filmes cult, vamos lá conhecer quais são os 14 longas-metragens que vão te deixar preso diante a telinha e mexer com as suas emoções.

Para essa lista imperdível, seguimos a ordem alfabética dos títulos. Afinal, do primeiro ao último, todos são excepcionais.

A noite dos mortos-vivos, George Romero, 1968

Quem nunca assistiu a algum filme de zumbi que atire a primeira pedra. Até em séries eles já apareceram como temática principal, a exemplo temos The Walking Dead. Mas isso só foi possível porque George Romero deu início a essas produções lá em 1968, com seu primeiro filme: A noite dos mortos-vivos.

Essa é uma produção independente muito chocante, que conquistou fãs e virou um grande sucesso. A cada cena, novos sentidos são criados e o filme vai trazendo novas interpretações que vão sendo reveladas aos espectadores. O enredo é realmente instigante, então, se você ainda não conhece ou quiser reassisti-lo, você pode encontrar A noite dos mortos-vivos no YouTube – é público!

As Aventuras de Buckaroo Banzai, W. D. Ritcher, 1984

Outro gênero que muita gente ama e que já rendeu muito para as bilheterias mundo à fora é o da ficção científica. As Aventuras de Buckaroo Banzai conta a história de um cientista fora do padrão: ele pilota carros de corrida e ainda é uma grande estrela do rock, uma outra paixão da sua vida.

Mas, enquanto sci-fy, o filme aborda a existência de um portal para outra dimensão e, claro, um ataque alienígena ao nosso planeta, o qual precisa ser impedido pelo protagonista e diversos parceiros. A produção excelente rendeu indicação a variados prêmios: melhor roteiro e melhor ator coadjuvante, na Academia de Filmes de Ficção Científica, Fantasia e Terror; melhor fundição, no Casting Society of America; melhor filme de aventura para a família e melhor ator coadjuvante, na Youg Artist Awards.

Beleza americana, Sam Mendes, 1999

Se você gosta de filmes com críticas sociais e exposição dos valores, essa é uma produção que vale a pena assistir o quanto antes. Beleza americana é marcante por expor a hipocrisia existente em diferentes relações da sociedade moderna. A família Lester Hurham estreia o longa e mostra as problemáticas da família "tradicional" estadunidense.

Nos deparamos com Lester, o pai que, na famigerada crise de meia-idade, não consegue sustentar um bom relacionamento do casamento com Carolyn, sua esposa, e Jane, sua filha. Todo esse elenco retrata a classe médica americana da época que mostra uma vida feliz, mas, por trás das cortinas, são só brigas e traumas.

Pode até parecer um enredo batido, mas a forma como a narrativa é apresentada é surpreendente. Não é à toa que o filme ganhou 5 óscares das 8 indicações que recebeu: melhor ator, melhor diretor, melhor filme, melhor fotografia e melhor roteiro.

Blade Runner, Ridley Scott, 1982

Também na pegada da ficção científica, Blade Runner é outro sucesso estadunidense, com atuação de grandes nomes do cinema, como Harrison Ford. Escrito por David Peoples e Hampton Fancher, o longa mostra leves semelhanças com Do Androids Deam of Eletric Sheep?, um romance de Philip K. Dick.

Melhor ainda é que esse filme de 82 retrata o futuro nada promissor que nos aguardaria em 2019, na cidade de LA. Cultura de consumo inconsciente, poluição e a busca por povoar outros planetas é o cenário imaginado (que a gente sabe que não aconteceu, em partes).

O longa-metragem foi marcante por mostrar os resultados extremamente negativos e tristes do processo de globalização, muito em voga na época da estreia. A clonagem de animais e os humanos artificiais são um dos resultados das inúmeras catástrofes apresentadas no filme.

O enredo também aborda o papel de grandes empresas nesse processo de destruição massiva da vida no planeta, a revolta e a repressão dos grupos que os enfrentam.

Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças, Michel Gondry, 2004

Jim Carry como você nunca viu: esse é só um dos destaques do filme Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças (tradução literal). Esse é um verdadeiro filme cult, que mesmo não sendo tão comentado por aí, carrega uma legião de admiradores e apaixonados pelo enredo e pela produção em si.

O filme que rendeu óscar de melhor roteiro original a Michel Gondry conta a história de Joel e Clementine, dois apaixonados que, após brigas e frustrações, decidem apagar o outro de suas memórias. Clementine é a primeira a fazer isso e, ao saber, Joel recorre à mesma "solução" da desilusão amorosa dos dois. O que acontece a partir daí a gente não conta, pois vale a pena conferir a fotografia, os cortes de cena e todo o enredo dessa narrativa que explora nossos sentimentos e nossas reações ao máximo.

Clube da Luta, David Fincher, 1999

A gente está quebrando a regra primordial do clube da luta para falar sobre o filme Clube da Luta para vocês: nunca fale sobre o clube da luta! Tyler Durden, interpretado por Brad Pitt, junto com Edward Norton, cria um clube onde homens lutam e seguem regras rígidas a fim de lidar com seus problemas pessoais e frustrações do dia a dia. Tudo é colocado em risco quando o Tyler se envolve com Marla.

Pode até parecer um enredo simplista num primeiro momento, mas não é bem por aí. A partir desse ponto inicial, o filme traz diversas reflexões de valores sociais e críticas. As lutas não são apenas brigas de homens que não controlam suas emoções, mas são uma forma que eles encontraram para liberar sentimentos e frustrações do vazio existencial da vida moderna em conjunto.

O filme não foi um grande sucesso de bilheteria, mas isso não o impediu de ser um longa-metragem extremamente cultuado em diversos lugares e por pessoas de diversas idades, por isso, está na nossa lista de filmes cult que você precisa conhecer.

Clube dos Cinco, John Hughes, 1986

Se você, assim como nós, é da época da Sessão da Tarde, certamente conhece o filme Clube dos Cinco. Estreado em 1986, o filme coloca um grupo de adolescentes super diferentes para interagir e encontrar suas semelhanças num sábado de castigo da escola. Essas diferentes "tribos", por assim dizer, conseguem se identificar umas com as outras em suas diferenças e uma relação inesperada começa a nascer a partir desse momento.

Esse é um filme que carrega uma geração de apaixonados justamente por abordar temáticas que todo mundo já viveu, especialmente na adolescência, de uma forma linda e surpreendente. Vale a pena colocar na sua listinha também!

Donnie Darko, Richard Kelly, 2001

Sabe aqueles filmes que cada pessoa entende de um jeito e que deixa todo mundo um pouco confuso, tendo que assistir várias e várias vezes? Esse é o estilo de Donnie Darko e é por isso que muitas pessoas são vidradas na narrativa enquanto outras acham um tanto quanto superestimada.

O que importa mesmo é que o longa-metragem dá o que falar, quer você goste dele ou não, então, não tem porque não assistir! O enredo conta a história de Donnie Darko e o seu encontro com um coelho muito excêntrico – e isso é tudo que temos a dizer. Se quiser saber mais sobre, você vai ter que assistir!

Horror em Amityville, Stuart Rosenberg, 1979

E claro que os filmes de terror também podem ser cult, afinal, eles também são inesquecíveis, não é? Horror em Amityville é um desses filmes que pregam um bom susto em qualquer um, mas que não foi tão bem recebido pela crítica. Independente disso, continua sendo bem apreciado pelos espectadores que buscam pelo inesperado.

O enredo é clássico, mas digamos que diferenciado na época de estreia: uma família que mora em uma casa velha e assombrada. O filme diz ser baseado em fatos verídicos, mas há quem diga que isso não é verdade. Seja qual for a questão, ele continua tendo um lugar na nossa lista por ter marcado muitas pessoas.

Laranja Mecânica, Stanley Kubrick, 1971

Para os amantes da sétima arte que não abrem mão de um enredo completo e surpreendente, Laranja Mecânica é um filme para chamar de preferido com certeza – e para muitos ele já tem esse título. O longa foi indicado aos prêmios mais importantes da academia.

A narrativa traz drama, música clássica, sociopatia e até violência, tudo na medida certa para você assistir e ficar de boca aberta. Já conhece? Se você não assistiu, com certeza já ouviu falar dessa trama.

O fabuloso destino de Amélie Poulain, Jean-Pierre Jeunet, 2001

Você curte o cinema francês? Entre os principais filmes da Netflix atuais, há diversas obras francesas marcantes e que mexem com o nosso intelecto e emocional. Mas essa não é uma obra da década! O Fabuloso Destino de Amélie Poulain é um filme do início do milênio que surpreende, emociona e nos perturba ao falar sobre a necessidade e o prazer em fazer o bem ao outro, mesmo quando não o fazemos a nós – profundo, não é?

O longa é assim mesmo, cheio de reflexões introspectivas da personagem que nos fazem olhar para nós e para o mundo de uma forma diferente. O título não é tão conhecido como alguns outros da lista, mas com certeza é um filme cult devido à quantidade de apaixonados pela francesinha!

Trilogia O poderoso chefão, Coppola, 1972

O Poderoso Chefão é uma trilogia que marcou época e gerações. Os três filmes são sucesso de Francis Ford Coppola e mostram os dramas e a história de uma das maiores Máfias da Itália em terra estadunidense, a família Corleone. Trata-se de um romance policial recheado de suspense e drama.

O filme mostra violência, amor fraternal e paternal, vingança e muitos outros temas que estão presentes no dia a dia comum. De forma única, nos envolve nessa vida mafiosa e não nos deixa desgrudar os olhos da tela.

Scarface, Brian de Palma, 1983

Tráfico de drogas, assassinatos, violência, corrupção, guerras... Tudo isso torna Scarface, um filme muito cultuado em diferentes países. A história de um grande traficante que trabalhou com o governo e guerreia com cartéis cativa qualquer pessoa que assistir, envolvendo-nos de forma indescritível.

Os dramas e as situações expostas no filme, vividas pelo personagem Tony Montana, mexem com a sua mente, desenvolvendo paranoias que o levam à ruína.

The Rocky Horror Picture Show, Jim Sharman, 1975

É filme cult que você quer? É filme cult que você vai ter: The Rocky Horror Picture Show é uma adaptação de Jim Sharman de uma peça londrina. Em estilo musical, a estreia do longa foi um verdadeiro fracasso – mesmo assim, foi o filme que ficou mais tempo em cartaz em toda a história do cinema, sabia?

Com cenas que são alocadas entre a bizarrice e o extravagante por muitas pessoas, o filme, já lá em 75, aborda questões sociais extremamente necessárias e relevantes, como os papeis de gênero e a sexualidade. Essa abordagem foi chocante, porém necessária, abrindo espaço para narrativas cada vez mais inclusivas e de desconstrução na história da sétima arte.

Com essa obra prima, fechamos a nossa lista de filmes cult que você precisa ver. E aí, qual desses você não conhecia? Faltou algum? Conte para nós nos comentários e vamos compartilhar nossas experiências com o cinema.


Tags

14 Melhores Filmes Cult para maratonar e refletir!, filmes cult para refletir, filmes cult, melhores filmes cult