Leia mulheres

Leia Mulheres, a leitura é poderosa e o texto deveria ultrapassar as questões de gênero, porém o mercado editorial não tem a mesma condescendência com homens e mulheres. Segundo uma pesquisa da Universidade de Brasília que engloba o período entre 1965 e 2004, mais de 70% dos livros publicados pelas grandes editoras brasileiras tiveram um homem como autor. O estudo avançou para o enredo das obras e os personagens retratados também se aproximam da realidade dos autores: 60% dos protagonistas são homens, sendo que 95% desses personagens são heterossexuais e