De onde veio essa história de Halloween?

Fantasias, festas, gostosuras, enfeites e travessuras… Tudo muito bacana e tal, mas de onde veio essa história de Halloween, afinal?

Vemos no cinema estrangeiro o Dia das Bruxas como uma celebração tão grande quanto o nosso Carnaval, principalmente em países de origem inglesa e nos últimos anos essa data tem se popularizado também em terras brazucas, mas que doideira é essa? Vamos tentar desvendar a origem dessa data tão comemorada pelo mundo.

Bye, Bye Baby – 47 anos da morte da cantora Janis Joplin

De acordo com neurocientistas canadenses (Robert Zattore e Valorie Salimpoor) a música estimula os centros de prazer do nosso cérebro através da liberação do neurotransmissor que responde à felicidade – dopamina – em momentos emocionais de pico de audiçāo. Está aí mais um,entre tantos motivos, para termos certeza de que todo dia é dia de música.

Mas, no dia de hoje, a gente deveria mesmo era aumentar o volume no máximo e colocar qualquer canção de algum, dos quatro, Lp’s da cantora que transformou o cenário do rock: Janis Joplin – cuja morte completa exatos 47 anos (04 de outubro, nos anos 70).

A história por trás de 5 músicas que marcaram a trajetória da banda Red Hot Chili Peppers

red hot chilli peppers“Então quando The Message se tornou a música mais quente daquele verão, comecei a entender que você não precisa ser Al Green ou ter uma voz incrível de Freddie Mercury para ter um lugar no mundo da música. Fazer rimas e desenvolver um personagem era outra maneira de fazer isso.”

 Página 90 – Anthony Kiedis em sua autobiografia Scar Tissue

Algumas curiosidades sobre a incrível história das roupas

A gente se veste e isso é um fato. Mas por que usamos roupas, afinal?

Juntamos algumas curiosidades sobre a história das roupas para tentar responder a essa e a outras perguntas. Nos acompanhe nesse tour pela história e se impressione, como eu, com a evolução de uma “simples” camiseta.

História das roupas

O vestuário acompanha o ser humano desde a Pré-História. Os homens das cavernas, por exemplo, se cobriam com peles por dois motivos. O primeiro deles era muito simples, pelo intuito de se protegerem das intempéries da natureza. Friozinho, chuva, e até evitar machucados. O segundo motivo trazia consigo elementos psicológicos, uma vez que vestir uma pele de animal podia significar bravura, habilidades de caça e poder. O povo se vestia também para se expressar e tudo isso já acontecia há mais de 100 mil anos! Surgia um certo senso de identidade, objeto estudado pela história das roupas.